Parada cardíaca em um voo para a Suécia

Um empresário sueco estava em um avião da Turquia para a Suécia, quando, de repente, os comissários de bordo deram um comunicado solicitando um médico a bordo.

Um dos passageiros, um homem de 35 anos, tinha sofrido uma parada cardíaca e era necessária a ajuda médica com urgência. Felizmente, o empresário sueco, que não era médico, mas estava carregando um desfibrilador de bolso FRED easyport na bagagem de mão, pôde ajudar com o resgate. Junto com outra passageira, que por acaso era uma enfermeira cardiovascular, eles conseguiram fazer as medidas de reanimação necessárias. Quando chegaram ao aeroporto de Arlanda, a condição do "paciente" estava estabilizada.

Graças às circunstâncias de ter um desfibrilador à mão, o passageiro ganhou uma segunda chance!

Encontre aqui mais detalhes em sueco sobre esse resgate bem-sucedido.